I was attorney for the "Q"
And the Indemnity Company which insured
The owners of the mine.
I pulled the wires with judge and jury,
And the upper courts, to beat the claims
Of the crippled, the widow and orphan,
And made a fortune thereat.
The bar association sang my praises
In a high-flown resolution.
And the floral tributes were many-
But the rats devoured my heart
And a snake made a nest in my skull.


Edgar Lee Masters
Therefore, build no monument to me,
And carve no bust for me,
Lest, though I become not a demi-god,
The reality of my soul lost,
So that thieves and liars,
Who were my enemies and destroyed me,
And the children of thieves and liars,
May claim me and affirm before my bust
That they stood with me in the days of my defeat.
Build me no monument
Lest my memory be perverted to the uses
Of lying and oppression.
My lovers and their children must not be dispossed of me;
I would be the untarnished possession forever
Of those for whom I lived.


Edgar Lee Masters
Mantêm-se aí impassíveis, como vinte e quatro máquinas de calcular às portas do Inferno.




O Tratado de Versalhes proibira aos alemães o fabrico de tanques, as empresas alemãs produziram-nos pois no estrangeiro, por intermédio de sociedades-sombra. Já por aqui se vê que a engenharia financeira tem servido desde sempre para as manobras mais nocivas.


Éric Vuillard
Rather a thousand times the county jail
Than to lie under this marble figure with wings,
And this granite pedestal
Bearing the words, "Pro Patria."
What do they mean, anyway?


Edgar Lee Masters

Adorei.

Adorei.

o director plantara un gran cartel onde se lía en letras negras: PROPIEDADE PRIVADA. PROHIBIDO ATRACAR.
-Baixemos a terra -dixo a avoa, que estaba moi anoxada.
Sophia parecía asustada.
-Isto é moi distinto -explicou a avoa-. Ningunha persoa educada desembarca en illa allea cando non está o dono. Pero se poñen un letreiro, sí, porque é unha provocación.
-Claro -asentiu Sophia, e así ampliou o seu coñecemento da vida.
Amarraron o bote ó letreiro.
-Isto que facemos -continuou a avoa- é un acto de protesta. Para manifestar o noso desacordo, entendes?


Agora custa acreditar...


—Non me digas! Entón por que non vindes connosco? Nós imos a Mallorca.
—Mallorca? Onde queda iso?
—É unha illa que hai fronte á costa. Chégase en poucas horas, no ferry que sae do porto de Barcelona. Imos pasar alí o permiso porque é un sitio moi bonito que ainda non está estragado.
—Si —engadiu Sheila—. Havos gustar. Está a salvo dos turistas. Polo menos de momento. É unha illa tranquila con oliveiras e paisanos amigables que falan un idioma chamado mallorquino. E ten unhas praias preciosas.

O argumento


Por simplificar ao máximo Tras o rastro do Santo Cristo de Maracaibo é a história real dum grupo de submarinistas estadounidenses em terras (ou mais bem águas) viguesas nos anos 50, playboys (aventureiros, se resultar menos ofensivo) à caza dum tesouro esquivo. Narrada em primeira persoa polo promotor da iniciativa, além de ser interessante para amadores da nataçom sob superfície e das pesquisas no fundo do mar, decorre sobre o pano de fundo de Galiza e Espanha na plena ditadura franquista, polo que é um retrato ilustrativo da época.

Toñito faloume sobre os negocios da súa familia e as importantes —o seu adxectivo favorito— obras de arte que manexaban. Souben así do problema que estaban a sofrir os marchantes de arte españois: a esposa de Franco acosaba os galeristas de Madrid aparecendo de súpeto e levando caras obras de arte sen pagar. Para defenderse, os donos das galerías crearan un sistema de "aviso de ataque aéreo" para darse tempo uns a outros de agochar as súas mellores pezas cando ela ía de compras.

Tal como éramos :)


Paco, o bondadoso director do hotel Alameda, foi tipicamente galego cando lle preguntei o número do cuarto.
—Busca ao señor Nathan?
—Si. Cal é o seu cuarto, por favor?
—Si, xa volveu. Está aqui.
—En que cuarto se aloxa?
—Está con dous amigos.
—En que cuarto?
—Están arriba. Son tres homes nun cuarto.
—Paco! Dime o condenado número do cuarto!

Faustino Otero Lino #spoilers


Unírase a nós o home que se convertería nun amigo íntimo e no noso activo máis importante durante os próximos anos. O que non sabería ata moitos anos despois era que este pescador galego de aspecto sinxelo era un dos heroes non recoñecidos de Inglaterra na Segunda Guerra Mundial.


Por momentos parecia-me umha banda desenhada, por momentos umha funçom teatral escolar em dia de festa. Em todo momento um conto escrito coa graça de quem conhece o seu povo e tem um enorme sentido do humor.

(Ainda à minha idade e lendo Gogol por vez primeira... sigh...)
A retranca era do melhor de Casares. Este parágrafo, que por pouco nom vem ao caso, é glorioso:

Para colmar a súa felicidade, só necesitaba un proxecto que Ile asegurase un pequeno recuncho nos libros de historia, ou máis precisamente, recoñecemento, que por algunha razón é o que queren todos estes individuos que traballan no mundo das artes, da ciencia ou da cultura. Consideran moi importante e transcendente todo o que fan, e o que é máis preocupante, o resto da xente tamén, sobre todo para evitar a incomodidade de que os primeiros os insulten chamándolles ignorantes.


Carlos Casares
O suicidio de Jonas Björklung e outras historias

Os versos mais fixes da poesia galega ever

Os versos mais fixes da poesia galega ever


Só levo lidos dous de treze :(



Esta ediçom de 419 páginas contém os seguintes contos: Agafia; Enemigos; El beso; La cigarra; El estudiante; El profesor de lengua; Campesinos; Iónich; El hombre enfundado; La grosella; Del amor; Por asuntos del servicio; Un ángel; La nueva dacha; La dama del perrito; El obispo; La novia.

De todos o que mais me impressionou foi o primeiro, Agafya (Агафья, 1886); acabei de ler o livro e antes de o pousar re-lim essa primeira história, parece-me genial, o melhor. Tchékhov escreve sempre como os anjos, mas surpreendentemente alguns dos relatos dos que melhor me falaram, como A dama do cachorrinho, nom me namorárom especialmente. Sim me pareceu mui original e humano, curiosamente, O bispo (1887).

Da traduçom nom opino além de que os leísmo/laísmo espanhois me matam: nesta ediçom usam "le temía" (a ella) e "la pegaba" (a ella) quando eu diria justo ao revês "la temía" (tinha medo dela) e "le pegaba" (batia nela). O pior é como depois por mimetismo a gente acaba passando esses fenômenos madrilenos ou castelhanos para o galego.

Em qualquer caso, mui boa leitura.

O mais chamativo -e nom descubro eu nada- é a modernidade do autor. Atençom a isto que foi escrito por el hai 113 anos como mínimo e que ainda hoje temos sem alcançarmos como espécie:

Cuando Stártsev intentaba hablar, incluso con personas de talante liberal, por ejemplo, sobre que, a Dios gracias, la humanidad avanza y que con el tiempo ésta prescindirá de los pasaportes y de la pena de muerte, el hombre se lo quedaba mirando de reojo y preguntaba con desconfianza: “¿O sea que, entonces, todo el mundo podrá romperle la cabeza a quien le parezca?”.


Ou, na versom em português de Passei Direito:

Quando Stártsev tentava conversar com um burguês, mesmo um liberal, a respeito, por exemplo, da idéia de que a humanidade, graças a Deus, está avançando e de que, com o tempo, os documentos de identidade e a pena de morte serão dispensáveis, o tal burguês o olhava de esguelha e perguntava desconfiado: “Quer dizer então que qualquer um vai poder degolar quem quiser na rua?”

El Señor de las Moscas

El Señor de las Moscas

Allí tumbado, en la oscuridad, comprendió que era un desterrado.

-Y sólo por tener un poco de sentido común.

O evangelho segundo Maria de Magdala

O evangelho segundo Maria de Magdala

A autora deste livro é umha teóloga estadounidense. O seu estudo dum evangelho apócrifo (leia-se "oculto" e nom "falsificado") centrado na figura de Maria Madalena vai além da análise unipersoal e dá pé a umha valoraçom global dos primeiros séculos do cristianismo em clave de gênero.

A leitura que se fai desse antigo escrito, do qual apenas se conservam fragmentos, nom deixa em bom lugar a vários apóstolos, especialmente Pedro, polo seu caráter (irascível) e prejuízos (machistas).

In the Gospel of Mary (...) Peter (...) models what the spiritually underdeveloped person is like: fearful, arrogant, jealous, ignorant.


The conclusion of the Gospel of Mary leaves the reader with little confidence that these disciples, especially Peter and Andrew, will be able to preach the gospel of the Realm. And since, as we have noted, the Gospel of Mary questions the validity of apostolic succession and authority, it is little wonder that later orthodox theologians, who founded their own authority upon apostolic reliability, would decry the Gospel of Mary as heresy.


Assinala-se Maria como a discípula mais avançada de Jesus. Se nom lembro mal o ensaio fala de sete homens e cinco mulheres como primeiros seguidores del, sem distinçom por sexo. Quem sabe se daí nasce umha tradiçom que séculos mais tarde perviviria cos mosteiros medievais dúplices.

Clearly Mary is spiritually more advanced than the male disciples; because she did not fear for her life (...) and did not waver at the sight of him in her vision (...) Pagels suggested that the Savior's injuction was written specifically against Paul's attempt to silence women (...)


A conclusom é que o papel e a presença das mulheres na igreja original foi apagada ou deixada num segundo plano e que nesse contexto de reelaboraçom do relato Maria passa de ser umha profetisa a umha prostituta.

Yet in every century, from the first to the twenty-first, women's leadership has been opposed. The attempts of some of their fellow Christians to exclude them from roles as prophets, teachers, and preachers must have been a bone of contention, even as it is today.


Os escritos dos primeiros tempos do cristianismo após Jesus morrer som dumha época de transmissom oral de feitos e de lendas. Resulta arbitrário dar legitimidade a priori a uns escritos e negar-lha a outros. Jesus nom escreveu o que ensinava, daí que todas as fontes da mesma época (ss. I-II) som, por definiçom, secundárias. Imagino que o ideal é conhecer todos os escritos para poder valorá-los em conjunto e individualmente. Além disso em termos científicos, tanto o estilo como a dataçom material quando se conservam restos físicos será essencial à hora de valorar autenticidades.

When Jesus died, he did not leave behind an established church with a clear organizational structure. The patriarchal and hierarchical leadership of the church developed only slowly over time and out of a range of possibilities. Early Christians experimented with a variety of formal arrangements (...). In many, women and slaves were important leaders; others resisted this reversal of the dominant social order and worked to exclude them.


O ensaio parece-me detalhado, mui interessante e de amena leitura, mas nom tenho conhecimentos para o valorar além disso. A autora já se retractou publicamente de teses que anteriormente defendera. A primeira sobre o próprio evangelho de Maria. No livro conta que em princípio o valorava como umha re-elaboraçom de textos anteriores, mas que segundo o foi analisando ao longo do tempo concluiu o contrário, que tinha demasiados elementos originais como para ser simples cópia/variaçom de evangelhos prévios. Outro caso aconteceu com um fragmento de nom hai muitos anos que se supunha provava que Jesus estivera casado, mas que agora parece se ter concluido que é umha falsificaçom.

Incidentalmente, o livro fala dos irmãos de Jesus, em concreto do seu irmão gêmeo (que p.e. na Wikipédia em espanhol nem se menciona), Judas Tomás, e ainda outro, Santiago. Eu sempre pensara que Jesús nom os tinha. Polo que persoa experta me di, tivo polo menos quatro: Jacob, José, Judas e Simom além de várias irmãs. Isto polo que me dim fica claro no Evangelho segundo Marcos cap. 6, 1-4 e confirma-o Matéu cap. 12, 46-50. Outras referências vêm de escritos apócrifos, o qual nom significa que sejam falsos senom que nom forom aprovados polos líderes da igreja primitiva. A distinçom entre canónicos (aqueles que foram aceites) e apócrifos (os que nom) é dacordo com quem sabe do assunto, mui subjetiva e interessada.
J'ai fini de mettre au jour l'héritage que j'ai dû déposer au seuil du monde bourgeois et cultivé quand j'y suis entrée.


Peut-être sa plus grande fierté, ou même, la justification de son existence : que j'appartienne au monde qui l'avait dédaigné.





Pouco mais de cem páginas. Prodigioso exercício de literatura autobiográfica. Dos melhores livros que tenha lido nunca.

Reading booth (unstaged)

Reading booth (unstaged)