O que se aprende lendo castelhano antigo

O que se aprende lendo castelhano antigo
...manque de leadership sur le plan national, l’écologie n’est plus un gadget

Que em francês nom tenham palavra para liderado é bem triste, mas o de gadget já é paradoxal, mais outra palavra de ida e volta, já que poderia vir do próprio francês:

Se no 81 estavas na escola da Picota-Maçaricos mando-che um abraço na nuvem. Encontrei lista de 13 amigxs e só identifico 3, o tempo nom perdoa.

Daquela inda díziamos Dominco(s). O que tal se perdeu na fala.

(Cumprimentos a quem figera hai tempo algo como isto:)

Já valeu a pena ver filme rançote em brasileiro para aprender outra palavra: focinheira.
O que vai ser, pois a própria palavra o di, o que dizemos boçal.
A minha avó centenária dizia por cousas de pouco mérito que nom valiam um adármio, variaçom de adarme, equivalente a 2 gramas.
Adarme pode significar tamém calibre de arma, o que em espanhol se pode dizer simplesmente como calibre, que pola sua vez tem a forma antiga cálibo e umha etimologia espetacular:


  1. grego bizantino: καλόπους / kalópous (=forma, como a dos sapatos)
  2. persa meio: kālbod
  3. árabe clásico: qālab / qālib
  4. árabe hispánico: qálib


O que as palavras viajam!
Anos atrás Google Translate era espetacular para o estado da arte na altura. Ultimamente é surpreendente a qualidade péssima que lhe vejo quando a provo.

Outra cousa, já sei que o propósito dos tradutores é o tratamento de linguagem construída, nom palavras isoladas mas mesmo assim sempre me surpreende q nom diferenciem na saída

O termo é igual na língua destino
em contraste com
Nom o dei traduzido para a língua destino



WordReference tampouco conhece eivado, ainda bem que sempre está o Priberam.
De quando em vez o português dá-che estas surpresas. Amadora BD escrevia hoje A série Edibar, do autor brasileiro Lúcio Oliveira, chamou a atenção de pequenos e graúdos.
Que palavra tam da nossa casa, pronunciada ghraudo, para se referir por exemplo a um rapaz que medrou muito desde a última vez que se viu: Tá bem graúdo, forte, crescido, que ganhou volume.
Umha foto ilustrava este dia umha notícia, nela via-se o vidro dumha cafetaria com um cartaz que dizia T'é capi ? Stá sü de doss !. O pé da foto só dizia que era umha rua em Itália mas obviamente nom se tratava de italiano, tampouco nom me parecia veneto. Perguntei ao amigo de Caorle e resulta que é lombardo; do texto el só dá entendido a primeira frase: entendes?
In Galician we don't say (s)he really likes you but enches-lhe o olho and I think that's beautiful.
No imprescindível Priberam:



Contudo, para o uso que nós lhe damos (nom sei se na Lusofonia é o caso) hai um aspeto subtil adicional que o DRAE cobre melhor:



Google nom a dá traduzido p. ex. de espanhol a português, Deepl fai-no melhor.
O DRAG admite miga, monda, montón, chatarra, Estraviz as três primeiras. Argh.

Farangulha ou miolo (segundo o caso, ainda que nós na casa ao primeiro tamém lhe chamamos miaga), tona, monte, ferralha. Assim sim.
Os meus nom dim "se sale", dim "bota por fora" and I think that's beautiful.

- Vistes a festa que tá preparando?
- Vim, ho, bota por fora!
A data nom se lê bem mas acho que é em 1983 quando meu avô me dá como presente este risom a escala feito por el mesmo. Ademais de marinheiro o avô era um artista fazendo cousas assim. Risom é como lhe chamam em Mogia a este tipo de âncora tradicional que nom leva elemento nengum de metal, está feita só com madeira, pedra e cabo.



No Dicionario de dicionarios encontramos que o termo se descreve como âncora de quatro unhas, sentido referendado polo Estraviz (que recolhe tanto a forma rizom como risom), umha acepçom distinta à que comento aqui. O risom, como se observa, leva umha pedra das que chamam bolos (o primeiro o é aberto, nom fechado como quando dizemos bolo dos de comer).
El gallego lo cambian de seguido:



Nom sei qual prefiro:



E aqui eu dizendo sustém como se fosse as tias-avoas...

sutiã

As escritas dos idiomas mudam (VI)

Escrita dos nomes José e Teresa numha paróquia galega ao longo do tempo segundo anos de nascimento:

Joseph x56 1680-1800
Josef x21 1780-1815
Jose x281 1780-2000

Theresa x14 1700-1815
Teresa x77 1685-1975

Ambos exemplos só considerando nome de pila de umha única palavra, nom compostos.
Por onde às carniçarias lhes chamam talho?
Nós à chicha do caldo sempre lhe dixemos talhada.

Traise unha tarteira
e con moita calma,
vanse n'ela pondo
o pan e as talladas.


Salvador Golpe, c. 1908 (?)
Dica: lembra que na escrita ILG-RAG se distinguem
- a vogal fechada sem ´
- a vogal aberta com ´