Nom será o meu favorito do gekiga mas é ótima compra se gostas de autobiografias episódicas em clave slice of life.


BD bárbara atrás d capa c/desenho gráfico delituoso (atentado visual frequente em Planeta-deAgostini Comics)

Ishinomori era-vos "moito",q diriam na Laracha

Além d jogar c/múltiples recursos literários, a nível narrativo-visual e compositivo Ishinomori tinha pranchas de antologia.
Levo um tempo lendo o carca de Bob Haney e isto pareceu-me umha síntese genial —no mal sentido- do assunto da imigraçom.



Autocomplacência, paternalismo, ignorância voluntária e impossível nom mentar a hipocrisia.

Tem muitos outros momentos fantásticos, politicamente, custaria-me escolher só um par.

Paroxismo. Que classe de distorsionada bússola moral pode ter alguém para apresentar isto como os bons. Atentas. Isto nom se pode superar:


É tremendo parar e pensar que do Spider-man nº1 (1990) de Todd McFarlane circulárom dous milhões e meio de exemplares e que o mês passado Image celebrasse que Spawn #309 pummeled with five figure reorder number, rushed back to print.

Dá-me por pensar em 10.000 cópias antes que em 99.999 mas ainda assim, que jeito de minguar o formato revista no mercado dos EUA!

O mercado editorial espanhol já tem cifras limitadíssimas de tiragens, com muitos títulos polos 1000-1500 exemplares mas, vistos os vistos, a distância acurtou-se avondo de caralho...

A BD demencial do verão?

A BD demencial do verão.

A BD demencial do verão?
Deu-me pena nom "ver-me" na linha de apoio a projetos culturais lançado polo concelho da Corunha. Partes do modelo nom os acabava de entender e ainda que, o principal: celebro se acabarem amparando quem mais trabalha autonomamente e pior o está levando neste duro contexto... perguntei por isto e dá-me (-nos) um pouco a sensaçom de que é abrir comportas e deitar para que as partidas se consomam e nom retornem à tesoureria. Penso que, polo contrário, o ideal era fazer, polo menos no relativo à BD, umha forma mais flexível e harmónica com umha arte que nom tem na produçom (como pode ser teatro, audiovisual, instalações artísticas...) o seu gasto senom em tempo e esforço.
Conclusom: melhor re-pensar o modelo e nom deixar fora, por constriçom legislativa (o ordenamento autonómico que rege o contexto está frequentemente longe da realidade a pé de rua), projetos válidos e persoas que levam (levamos) muitos tempo trabalhando na cidade, e justo nos âmbitos que se pretende promover.

A importância dos cálculos computorizados

A importância dos cálculos computorizados
O mais engraçado disto é que supostos copia-cola do texto trocárom left wing por tolerant.