Interessante mesa redonda sobre banda desenhada e ativismo. De esquerda a direita: Arturo Losada, eu, Julia Huete, Jano Viñuela, Alberto Guitián.








image

 



Nuns dias o Troquel vai a unha nova feira, em Vigo. Provavelmente será a derradeira oportunidade de o conseguir!



 




 


Este foi tamém o verão do primeiro Altar Mutante:



 


image



 


Metrópoles Delirantes tivo a bem entrevistar-me sobre ambos projetos:



 




 


Foto de María L.:



 


image



 


Nesta entrada junto-vos material do melhor encontro de BD na cidade em anos. Parabéns de novo a Bernal e a todo o persoal do Autobán.



 




 


Infra captura rápida dum bosquejo de Xulia Vicente sobre a cartolina coa que votamos a sua vitória no combate de desenhadores e um Leonardo do único e magistral Diego Blanco, de quem levei para a casa o 2132 e o De Güarriors (número dous sui generis ;-), duas chuladas.



 


image



 


Diego at work:



 


image



 


Eis o admirado Cristian que aos seus dezassete nos tem maravilhados a todos os que o conhecemos desde que era umha criança. o PechaKucha mui engraçado aínda que como participante em primeira persoa a um sempre lhe parece que custa em poucos segundos dizer algo inteligível.



 




 


Outro dos momentaços deste ano foi estar com Paulo Monteiro, com quem nem contávamos. Ademais de estar trunfando em França acabou de ter nova ediçom da sua pequena-grande obra mestra “O amor infinito que te tenho”



 


image



 


Fotos de Diego Sendón para a AGPI aí, estou com Álvaro López e Luís Sendón, codiretores de Altar Mutante: 



 




 


Entrevista a ambos e a Sergio Covelo:



 




 


As tertúlias comiqueiras com Álvaro sempre som o máximo.



 


image



 


Entrevista a Luís Yang e Xulia Vicente, dous craques de “Sacoponcho”: