O argumento não me pareceu nada do outro mundo e o desenho excessivamente devedor, já não de Christophe Blain como tal, senão especificamente do Gus de Blain. Porém não está mal o albumzinho e deixa-se ler; não me arrependo de o ter comprado. Isso sim, o pequeno dossier final que explica o contexto do achádego científico em que se baseia e no que se inspirou a BD nem o li. Não me interessa “a realidade atrás da história” se a própria história per se não me parece muito interessante…