Cada vez que vejo os dados que o OPACs galegos via Koha armazenam sob password semipública por defeito boto as mãos à cabeça, muitxs usuárixs nem se molestarám em trocar a clave e os seus dados persoais estám praticamente em aberto.
Comprovárom que, deste jeito, se pode entrar em contas alheias e aceder a dados privados: nome, telefones, emails, endereços, foto... tudo com proteçom irrisória.
Muito olho bibliotecárixs. Este tipo de chafalhadas nom podem ser.