Melhor letra de sempre: Letra de «Sete estradas» cantada por Amália Rodrigues



amarrada a sete luas
por sete nuvens toldadas
à beira de sete estradas
com sete facas à cinta
pra te dar sete facadas
com sete olhos abertos
à beira de sete estradas

há sete noites seguidas
à beira de sete estradas
com sete olhos abertos
com sete facas à cinta
espero que me apareças
pra te dar sete facadas (x2)

há sete noites seguidas
de antecipado remorso
que por teu amor choro
choro meu triste fado

há sete noites seguidas
que de mim ando perdida
amarrada a sete luas
sete nuvens toldadas

a sete céus de distância
sete poços de saudade (x2)

há sete noites seguidas
que dou voltas à memória
à procura de quem sou
na esperança de encontrar-te

há sete noites seguidas
que tudo parece nada
e me dói o sangue tanto
de ciúme, de desejo
há sete mundos seguidos
que julgo que te não vejo
que há sete mundos seguidos
que julgo que te não vejo
(x2)