Mauro é um gigante. O seu espanhol sempre foi excelente, a pena é nom termos normalizado que a sua língua materna é a mesma que a nossa.

Nom tenho trato com portugueses e portuguesas na cidade, sim com brasileiros e brasileiras e todo o meu contato coa comunidade deixa-me impressionado: nunca me dam umha palavra que nom seja em castelhano. Este dia umha persoa coa que estava combinando riu porque ao tempo que ela dizia miércoles eu dixem quarta-feira (nós pronunciamos /korta/)...
O mundo ao revês!

PS: nunca me passou com turistas de Portugal mas sim do Brasil, na Corunha e Compostela, perguntarem indicações na rua, eu responder e eles: você é brasileiro, né?