Pois que pena que se cancelasse (isso tamém a "agradecer" ao covid) pq me encantou. Nada de original mas tudo bem (nom é fácil isso!)
Ao = q c/Stranger Things (1T) pergunto-me se o target somos nós, xs nenxs dos Goonies, ou + os d agora.
Além dos atores, gostei da montagem e especialmente do desenho musical,
e já, que nesse último ep soassem nos momentos certos Pixies, Roxette... e Aztec Camera...! Go figure!



Vim muitas cousas aí dentro, na série (a BD n'a lim), e com certeza nom fum o único. Já digo, originalidade zero, mas gostei igualmente.



1 aspeto clave na falta de originalidade é para quem lemos mutantes qdo se devia
O mestre Claremont contou-nos esta história como ninguém



a série tá baseada nesta BD
PS
The end of the f world nom passei do ep 1 (a BD tampouco n'a lim), nom sei se depois melhora


Nom é que veja muitas mas talvez a série policial de que mais tenha gostado desde The Wire (nas antípodas estilisticamente, claro).

10/10.



Subversom de boa parte dos estándares do género, humanizaçom da(s) vítima(s) -e dxs investigadorxs-, zero glamour nos agentes, nula glorificaçom da violência, tempo lento que parece desatender intencionadamente o ritmo, recurso ao silêncio, personagens nom histriónicos, ...

Diglossia e identidade cultural na pátria cajun da Luisiana

Diglossia e identidade cultural na pátria cajun da Luisiana

Diglossia e identidade cultural na pátria cajun da Luisiana

Diglossia e identidade cultural na pátria cajun da Luisiana

Décimo aniversário deste clássico

Décimo aniversário deste clássico

Vistas nos últimos tempos

Vistas nos últimos tempos

... como se em vez de virem doutro continente vinhessem doutro planeta.

Por que ver em português

Por que ver em <i>português</i>

Por que ver em <i>português</i>

Por que ver em <i>português</i>

Por que ver em <i>português</i>


As partes de Black'47 que estám dialogadas em irlandês levam legendas em inglês com umha soluçom que me pareceu magnífica.

O filme nom é nada do outro mundo, segue cliché da vingança solitária contra um poder superior perverso mas reflite atravês de cenas icônicas os diversos aspetos da ocupaçom: policial, social, económico, político, judicial, religioso, linguístico... até comporem um sumário breve mas eloquente; menos superficial do que o argumento -com um ar à la Rambo- pode sugerir a priori.



Weaving e Rea som o melhor quanto a interpretações.

Mais outro título, em qualquer caso, nesse aparente género cinematográfico que nom saberia qualificar de britofobia ou anglofobia ;-)

Especialmente sugerida para amantes do western e similares.




Pode-se ver mas acho que nom supera nem de longe Black coal, thin ice.


Um desses filmes para caires de cu.

Incidentalmente, que bem soa o norueguês.

PS. Quem aborrecer as explicações de mais e as revelações argumentais que nem veja a primeira frase da entrada na Wikipédia nem em ningures.
Eu ainda acho que hai outra explicaçom para tudo o contado no filme.

Dez filmes de terror

Terror psicológico, terror com elementos de comédia, zumbis, gore, vampiros, histórias claustrofóbicas, filmes de época... som muitos os subgéneros do terror e até nom sendo fã hai que reconhecer que parte do melhor cine dos últimos anos se está fazendo aí. Com certeza esqueço algumha mas dez lembro-as:


  • The mist (2007)
  • 28 weeks later (2007)
  • Låt den rätte komma in (2008)
  • A girl walks home alone at night (2014)
  • It follows (2015)
  • The autopsy of Jane Doe (2016)
  • 10 Cloverfield Lane (2016)
  • The witch (2016)
  • Get out (2017)
  • Ready or not (2019)


Midsommar (2019), um dos filmes mais comentados do ano passado, nom a incluo porque ainda que é boa e entendo as críticas positivas, persoalmente quanto mais tempo passa menos me parece ter gostado dela. Black swan (2010), que tolerei, tenho-a visto categorizada como do género mas eu nom a poria aí. Polo contrário Bone tomahawk (2015) por muito que western, sim. Talvez nom gostei tanto como das dez da lista mas pareceu-me bem feita (incidentalmente, desta última, melhor nom procurar o título da versom em português porque é tam ridículo -e com spoilers- que nom tem nome).