Escobar nom é suspeitoso de retrógrado mas eram outros tempos...

Tecnicamente fai-me graça o contra-ponto que dá a perspetiva da oitava vinheta respeito das demais.


O Ibáñez de que mais gosto é o dos 60 e prefiro o uso de umha soa cor a produtos posteriores em quadricromia. Mesmo a cor de 13, Rúe del Percebe na contra e a textura do papel a como sai nos compilatórios antológicos atuais. Nom pode ser nostalgia porque eu nom vivim essa época. Esteticamente esse tempo é umha das cimeiras da escola Bruguera: Escobar, Gosset, Conti, Segura (quem até admiro mais como artista de capa que como autor de BD) e tantos outros.

"Todos sabían que Elena era una muchacha de ideas avanzadas, modernas. Sin embargo...
—Jamás creí que pudiera interesarle el arte abstracto."



Ainda piora a cousa: a carga retrógrada da história da capa tem verdadeira culminaçom no desenlace da história, asseguro-vos.