Javier Rodríguez e Álvaro López, principalmente desenhando e colorindo respetivamente, já têm colaborado inúmeras vezes e conformam um dos duos de maior elegância nom só nos cómics comerciais dos EUA senom da BD mundial em geral.

Esta última minissérie é só mais outra mostra da sua muita classe na ilustraçom, composiçom e cor.

Lidos os números um e dous, dum total de três. Entretidos, sem mais; é que o nível de BDs superheróicas humorísticas está bastante alto e já hai umha longa tradiçom coa que é impossível nom comparar-se se entras nesse terreno, desde a JLA de Giffen e DeMatteis -que influiu no Excalibir de Claremont e tantas outras- até os Superior Foes of Spider-Man de hai nada. Para o meu gosto este Hobglobin e a mais recente She-Hulk som propostas ótimas, mas nom as conto tampouco entre o melhor do gênero. Este cómic tem em qualquer caso um desenho cuidado. E o que me encantam som as capas, som as três fantásticas.