辰巳 ヨシヒロ Tatsumi Yoshihiro (1935-2015)

Foi-se um dos grandes. Dominador como poucos do relato breve, desse ao que nem lhe fai falta nada nem parece prólogo, extrato ou epílogo de algo mais extenso. Retratou como poucos os silêncios, a soidade, a frustração e a cidade como pano de fundo hostil e incompreensivo. Narrador de superviventes. Um cronista do nosso tempo, um autor de primeira.

Até sempre, mestre.